A 44ª edição da São Paulo Fashion Week promete

Montada na Fundação Bienal que fica dentro do Parque Ibirapuera, a 44ª edição da São Paulo Fashion Week acontece nesse ano de 2017 entre os dias 27 e 31 de agosto e terá como tema a alma brasileira, tributo que visa dá uma sacudida nos ânimos e nadar contracorrente do momento atual do país.

De acordo com o fundador da São Paulo Fashion Week, Paulo Borges, o formato do evento este ano “é um modelo que deixa claro ao consumidor que aquela roupa estará na loja após o desfile.

Deu certo para muitas marcas, senão não haveria 32 desfilando”. A polêmica foi um dos motivos para alteração do calendário amostra de moda.

Borges, já pensa em 2018: pleita novos patrocinadores e até do apoio estatal para manter o nível do evento, tornando-o cada vez mais integrado com as manifestações artísticas e culturais tanto da cidade quanto do país.

sao paulo fashion week

A abertura

A semana de moda paulistana aconteceu no Theatro Municipal, e teve como mestre de cerimônia o estilista Alexandre Herchcovith. Ele apresentou a coleção da marca À La Garçonne, abrindo as tendências da temporada de São Paulo.

Na apresentação de suas peças reforçou a ideia de uma moda mais humanizada.

Adotou um tom teatral, e mostrou peças de certa nostalgia, trouxe o grunge e suas flanelas de xadrez costuradas com franjas e detalhes de lingerie; trouxe irreverências das ruas do início dos anos 90; muitas estampas, jeans, transparências. Marcante a ideia do (re) uso.

Outros destaques

O desfile que causou boa impressão no São Paulo Fashion Week proporcionado pela grife Lenny Niemeyer que consolidou a tendência do real. Suas peças tiveram referências de artistas como Hilma AF Klint e Emma Kunz, que são recheadas de traços geométricos.

A moda praia estampada por pêndulos e outra formas; maiôs trabalhados a mão; decotes de ombro a ombro; camisões com mangas bufantes; gola alta. Elementos que foram presentes na coleção, que procurou da ênfase a força feminina de maneira criativa, sem ser clichê.

Outras marcas como Triya, Água de Coco, Amir Slama, Vix, PatBo prometem trazer muitas novidades para moda praia que mexerão com imaginário dos presentes.

Novidades na programação

Além dos disputadíssimos desfiles, a São Paulo Fashion Week desse ano terá em paralelo um festival de música brasileira.

O espaço da Fundação Bienal (que é um projeto do arquiteto Oscar Niemeyer), conta com shows de músicos e bandas como Iza, Letrux, Arthur Nogueira, Anelis Assumpção, Vermelho Wonder, Rico Dalasam, Aíla, Tássia Reis, As Bahias e as Cozinhas Mineiras e outros.

Afora que toda decoração deste prédio terá trabalhos de muitos artistas plásticos brasileiros.

No prédio da Bienal a tecnologia será aplicada à moda: uma máquina unirá informações da pessoa e seu corpo, e indicará qual marca e estilo mais combina. Claro que serão apenas sugestões, servindo como norte para quem quer se vestir bem.

Todo evento será transmitido de forma gratuita pelo canal do São Paulo Fashion Week no Youtube, a partir de um estúdio montado dentro da Fundação Bienal. Contará com a participação de muitos youtubers famosos como Camila Coutinho, Tatá Estanieck e Léo Picón.

O rol das celebridades ainda contará com as tops Carol Trentini, Isabela Fiorentino, Cássia Ávila, Ives Kolling, Traudi Guiday. Outra novidade é a presença dos estilistas Jahkkoy e Vanessa Moe que mostrarão suas coleções que são montadas de forma artesanal.

Portanto, a São Paulo Fashion Week num ambiente de tantas inovações se mantém como evento importante no calendário da moda internacional.

Comentários